Toyota 50 anos Toyota 50 anos


50
anos,

a Toyota veio para ficar consigo.

Em 1968, Salvador Caetano trouxe para Portugal a Toyota e a vontade de fazer história. E fez. 50 anos depois, fazemos parte das histórias de muitos portugueses.

1968, um ano de mudanças

17 de fevereiro de 1968, Salvador Cateano, assina o contrato de importação e distribuição exclusiva dos veículos Toyota para Portugal. Foi também o ano em que a Toyota alcançou uma produção superior a 1 milhão de unidades, a nível mundial. Um ano de verões quentes, revoluções e mudanças por todo o mundo. 50 anos depois, o que mais fez história em 1968?
A Toyota em 1968
Comecemos com uma curiosidade: o volume de negócios da Toyota em Portugal, no ano de 1968, equivaleu ao que hoje seriam 40.000 €. Contudo, dentro da história da marca, foi um ano de marcos importantes, a começar pela chegada de um dos seus modelos mais icónicos de sempre: o Corolla.

1968 foi o ano em que o Toyota Corolla (KE10), primeiro modelo da marca a ser um enorme sucesso, chegou a Portugal. As primeiras 75 unidades Toyota Corolla importadas para Portugal foram vendidas num ápice. Seguiram-se décadas de comercialização permanente desde modelo, nas suas 10 gerações, e milhares de Corolla vendidos.
Portugal em 1968
No mesmo ano em que Salvador Caetano trouxe a Toyota para Portugal, deu-se uma das mais importantes alterações políticas em Portugal. Em setembro de 1968, Marcelo Caetano substitui Salazar, depois de este ter sido dado como incapaz para governar, após cair de uma cadeira.
Com esta nomeação, o país viveu a primavera marcelista, havia no ar uma expetativa de mudança que acabou por não se concretizar. Marcelo Caetano viu-se cada vez mais sozinho, foi cercado no quartel do Carmo e, em abril de 1974, entregou o poder ao general Spínola.

No desporto , 1968 foi ano de Bota de Ouro para Eusébio. Foi na época de 1967/68 que o prémio foi criado para distinguir o melhor marcador dos campeonatos europeus. Eusébio foi o primeiro jogador a receber o troféu, graças aos 42 golos que marcou pelo Benfica.

No dia de Natal, 25 de dezembro de 1968, têm início as emissões regulares da RTP2 em Portugal.
O mundo em 1968
Em França , o ano em que a Toyota chegou a Portugal ficou marcado pelos movimentos estudantis. A revolta do Maio de 68, como de restou ficou conhecida, opôs universitários e polícias em batalhas violentas, noticiadas e replicadas um pouco por todo o mundo. Foi também o ano da Primavera de Praga.
Do outro lado do Atlântico, nos EUA , discutia-se a Guerra do Vietname e ainda estavam por sarar as feridas abertas com o assassinato de Martin Luther King, líder do movimento dos direitos civis e Prémio Nobel da Paz. Tinha 39 anos quando foi baleado em abril de 1968. Em junho, desse mesmo ano, seria assassinado Robert F. Kennedy. Meses depois, Nixon foi eleito presidente dos EUA.

No que diz respeito à cultura , 1968 foi o ano de estreia de 2001: Uma Odisseia no Espaço e do lançamento do White Album dos Beatles no Reino. Saía também a música Sympathy for the Devil, dos Rolling Stones.
O mundo em 1968 estava sacudido por uma onde de revolução, revolta e mudança. Em Portugal, acontecimentos políticos mudariam para sempre o curso do país. A Toyota, que tinha vindo para ficar, ficou mesmo e fez história.