Toyota 50 anos Toyota 50 anos


50
anos,

a Toyota veio para ficar consigo.

Em 1968, Salvador Caetano trouxe para Portugal a Toyota e a vontade de fazer história. E fez. 50 anos depois, fazemos parte das histórias de muitos portugueses.

Cronologia da Fábrica de Ovar

Tudo começou a 22 de maio de 1971. A Fábrica de Ovar era inaugurada, com uma área de 140.000 m2. Estava dado o primeiro passo de uma história que tem Toyota escrito em toda a parte.
Anos 1970 – expandir, expandir
Logo no ano a seguir à inauguração, em 1972, foi sentida a necessidade de expandir a área da Fábrica de Ovar.



No mesmo ano, aumentava a capacidade de produção das linhas de pintura e de montagem: da Fábrica de Ovar saíam Toyotas a todo o gás. Logo em 1972 atingiu-se a produção do veículo 10.000.
É em 1978, que se inaugura a chamada Fábrica 2, de onde vinham as caixas de madeira para os veículos e onde se rebitavam e soldavam chassis e cabines. Nessa altura, já a produção atingira as 70.000 viaturas (perto de 200 unidades por dia).
Anos 1980 – produzir, produzir
O primeiro ano desta década, 1980, é sinónimo de reconversões na Fábrica de Ovar, que passa a dedicar-se exclusivamente à montagem de veículos comerciais, ficando de fora, por exemplo, as viaturas pesadas de grande tonelagem ou autocarros.
Cinco anos mais tarde, em 1985, é instalada uma nova linha de pré-tratamento na fábrica e inicia-se a produção de capotas em fibra de vidro para os modelos Land Cruiser. Estes começariam a ser exportados da Fábrica de Ovar no ano seguinte.
Foi ainda nesta década, em 1986, que a Toyota atingiu mais um marco importante: a produção acumulada atingiu as 150.000 unidades.
Anos 1990 – inovar, inovar
1991 foi o ano em que a Fábrica de Ovar se estreou na produção mista de modelos Dyna/Hilux. Em dois anos, estaria também a produzir os “hard-tops” para as viaturas Hilux, então produzidas em Hannover.
A produção do autocarro Optimo viria a ser transferida da fábrica de Gaia para a Fábrica de Ovar, em 1996, que à data ocupava já 325.000 m2, dos quais 31.614m2 cobertos. Um ano mais tarde, em 1997, verificou-se um aumento de 17% na montagem de veículos comerciais em Ovar.
Anos 2000 e o futuro
O milénio começou em força na Toyota em Portugal. Umas das primeiras grandes novidades foi o início da exportação do modelo Dyna a partir de Ovar, em 2002. Tanto que, em cinco anos, a Fábrica de Ovar passou a exportar 50% da sua produção, com destaque para os modelos Dyna e Optimo.
Nova década, novas metas: a Fábrica celebra a produção do modelo Dyna nº 100.000, em 2011, que esteve em produção desde o primeiro dia.
No ano em que celebra o 50º aniversário em Portugal, a Toyota mantém presente a sua história, que é inseparável da história da Fábrica de Ovar. De 2018, com coração a bater pelo passado e olhos postos no futuro, a Toyota vai continuar a inovar.

Descubra as últimas inovações da Toyota e a nossa gama de modelos que vão fazer história consigo.